Levantamento da Sobrancelha

Levantamento da Sobrancelha



Sobre Levantamento da Sobrancelha

A região dos olhos é a mais expressiva da face. Dependendo da posição das sobrancelhas e das pálpebras, podem conferir à pessoa uma expressão fisionômica que muitas vezes não corresponde ao seu estado de espírito. Cansaço, aparência doentia, falta de vitalidade ou agressividade são expressões freqüentes na face envelhecida, muitas vezes em desacordo com o momento atual do indivíduo.

Muitas vezes a queda da sobrancelha pode simular um falso excesso de pele das pálpebras superiores. Por este motivo esta parte do nosso corpo requer avaliação especializada para que seja indicada a melhor técnica.

Esta cirurgia pode ser associada ao lifting da face, a cirurgia das pálpebras e ao lifting da fronte.


Considerações Técnicas

A cirurgia é realizada através de pequenas incisões que ficam escondidas no couro cabeludo. Com auxílio do endoscópio, que se assemelha a uma caneta com uma câmera na ponta, conectado a um monitor de tevê, se consegue ter uma clara visão das estruturas sob a pele. Com o auxílio de instrumentos específicos são tratados os músculos e reposicionados os tecidos.

A recuperação da videoendoscopia também é mais rápida quando comparada à cirurgia convencional. Os pontos são removidos em uma semana, e em dois dias o paciente poderá voltar a lavar os cabelos.


Tipo de anestesias

O Lifting das sobrancelhas é feito com anestesia local, precedida de uma medicação calmante. Como é uma cirurgia superficial, não pede a aplicação de anestesia geral.


Recomendações pré-operatórias

  • Discuta detalhadamente com o cirurgião se o lifting das sobrancelhas é realmente indicado para o seu caso;
  • Questione o tipo de incisão e a anestesia;
  • Sempre que houver algum impedimento para a realização da cirurgia já marcada avise imediatamente ao cirurgião ou a clínica;

Recomenda-se

  • Evite tomar aspirina ou remédios contendo AAS (ácido acetil salicílico) e vitamina E, pelo menos nas duas semanas que antecedem à cirurgia, pois poderá interferir no processo de coagulação. Isto inclui Ginko-Biloba;
  • Evitar todo e qualquer medicamento para emagrecer, que eventualmente esteja fazendo uso, por um período de 10 dias do ato cirúrgico. Isto inclui também certos diuréticos;
  • Evite tomar ou usar substâncias tóxicas ou drogas nas duas semanas antecedentes a cirurgia;
  • Não fume nos 15 dias que antecedem a cirurgia e nas duas semanas de pós-operatório, pois poderá haver retardo da cicatrização;
  • Providencie acompanhante para contato e para a alta da clínica (nome e telefone);
  • Comunique ao médico se tiver episódio de erupção de qualquer tipo de herpes;
  • Não se exceda em exercícios físicos, alimentos e não tome bebidas alcoólicas;
  • Comunique qualquer sinal de resfriado, conjuntivite, herpes ou infecções que surgirem na semana anterior à cirurgia. Nestes casos, o procedimento cirúrgico deverá ser transferido até a resolução do processo infeccioso;

Na Noite Véspera da Cirurgia

  • Tome banho geral usando sabonete anti-séptico (Sabofen ou similar). Lave bem os cabelos, principalmente as região próxima às orelhas;
  • Alimentação leve até meia-noite;
  • Evitar bebidas alcoólicas ou refeições muito fartas, na véspera da cirurgia;
  • Observar jejum total de 8 horas antes da cirurgia, inclusive água, cafezinho, balas e refrigerantes;

No Dia da Cirurgia

  • Lave bem os cabelos, principalmente as região próxima às orelhas;
  • Chegue à Clínica ou Hospital no horário marcado;
  • Tome somente a medicação prescrita;
  • Não use cremes ou maquiagem e deixe pelo menos uma unha sem esmalte ou base;
  • Venha com roupas confortáveis e folgadas, que não precisem ser colocadas pela cabeça, pois serão usadas por ocasião da alta;
  • Traga um óculos escuro e um lenço de cabeça;
  • Traga uma pequena bolsa com objetos de uso pessoal;
  • Não traga jóias ou objetos de valor;
  • Ao chegar à Clínica ou Hospital, comunique na recepção o nome e o telefone do familiar ou acompanhante que virá buscá-la(o);

Recomendações pós-operatórias

  • Mantenha repouso relativo nos 8 primeiros dias;
  • Faça compressas geladas nos olhos e não deite de lado;
  • O curativo colocado na cirurgia é retirado no dia seguinte. É feito então um curativo menor que será retirado no dia seguinte;
  • Siga rigorosamente a prescrição médica;
  • Não utilize outros analgésicos além dos recomendados;
  • Os pontos do couro cabeludo são retirados em torno de uma semana após a cirurgia;
  • Poderá haver edema das pálpebras até o 3º dia depois da cirurgia, quando então começa a regredir, apresentando um aspecto natural por volta do 7º dia;