Mastoplastia de aumento (Prótese de mama)

Mastoplastia de aumento (Prótese de mama)



Sobre Mastoplastia de aumento (Prótese de mama)

Muitas mulheres, principalmente após a adolescência ficam incomodadas com o tamanho dos seios e para exibir os decotes recorrem aos sutiãs com enchimento que não dão um aspecto natural. Para a mulher moderna, a importância de ter seios bonitos e firmes vão além da aparência, elas se sentem mais seguras em relação à sexualidade o que acaba influenciando nas relações afetivas e autoestima.

Mais do que aumentar as mamas, a cirurgia de mamoplastia de aumento procura harmonizar a silhueta deixando os seios firmes, um decote bonito e proporcional ao seu corpo.

Apesar de parecer um procedimento simples, existem várias escolhas a serem consideradas. Durante a avaliação você e seu cirurgião decidirão o tamanho e formato da prótese, e a via de colocação que melhor atende a sua necessidade e perfil.

Com a cirurgia, não só as mamas têm seu volume aumentado, como podem ser melhoradas a sua consistência e forma. O novo volume pode ser escolhido, já que se tem à escolha vários tamanhos de peças de silicone, porém, é importante lembrar que esta escolha deve obedecer à norma de harmonia em relação, não só ao tórax da paciente, quanto ao seu físico, como um todo.

Se você quer aumentar os seus seios, venha fazer uma avaliação na Clínica de Cirurgia Plástica Dr. Mattioli, onde procuramos realizar a cirurgia buscando o resultado bonito e harmonioso, priorizando a segurança da saúde dos nossos pacientes. Todos os nossos procedimentos são realizados em hospital equipados com laboratórios, unidade de terapia intensiva e recursos para pronto atendimento.


Tipo de anestesias

A anestesia pode ser feita sob anestesia local (associada à sedação), bloqueio intercostal ou geral, ficando a critério da equipe anestésica. É importante salientar que em nenhum caso o paciente fica acordado ou sente qualquer desconforto durante a cirurgia.


Tempo de duração

Em média 1 horas, variando com a técnica utilizada.


Período de internação

Normalmente recebe alta no mesmo dia.


Evolução pós-operatória

A recuperação é rápida, normalmente pode-se retornar ao trabalho após sete dias. Para garantir o melhor resultado da cirurgia é necessário o uso do sutiã, colocado no final do procedimento, por um mês.


Cicatriz

O local das cicatrizes pode variar de acordo com a escolha conjunta do cirurgião e paciente, podendo ficar situadas no sulco abaixo da mama, ou na área da aréola ou, ainda, na axila. Tem um tamanha aproximado de 4 cm e dependendo da localização é facilmente escondida pela queda natural da mama.


Recomendações pré-operatórias

  • Comunicar até dois dias antes da cirurgia, qualquer ocorrência, como gripe, indisposição, febre, etc;
  • Evitar todos e quaisquer medicamentos para emagrecer, homeopáticos, antiinflamatórios e AAS, por um período de 10 dias antes do ato cirúrgico (o que inclui também os diuréticos);
  • Evitar bebidas alcoólicas ou refeições fartas na véspera da cirurgia;
  • Tomar banho usando sabonete anti-séptico (como protex, soapex, Lifebuoy...) 48hs antes da cirurgia;
  • Obedecer ao horário indicado de jejum de pelo menos 8 horas (não tomar nem água);

Recomendações pós-operatórias

  • Devido ao fato de estar sentindo-se muito bem, a paciente às vezes pode esquecer-se de que foi operada recentemente, permitindo-se esforços prematuros que poderão lhe trazer prejuízos;
  • Não erguer os braços acima do ombro por 15 dias;
  • Somente voltar a dirigir após liberada por nossa equipe médica - usualmente após 10 dias e obedecer às instruções que serão dadas por ocasião da alta hospitalar, relativas à movimentação dos membros superiores ou massagens;
  • Evitar esforço físico por 30 dias;
  • Levantarem-se tantas vezes quantas lhe foi recomendado, por ocasião da alta hospitalar, obedecendo aos períodos de permanecer sentada, bem como evitar ao máximo subir ou descer escadas longas;
  • Evitar molhar o curativo nas primeiras 48 horas;
  • Andar em ligeira flexão de tronco (corpo curvado), durante um período de 15 dias;
  • Obedecer rigorosamente à prescrição médica;
  • Voltar ao consultório para a troca de curativos, nos dias e horário marcados;
  • Alimentação normal (salvo em casos especiais que receberão orientação específica);
  • Aguarde para fazer ou continuar sua “dieta ou regime de emagrecimento”, após a liberação médica. A antecipação dessa conduta, por conta própria, pode desencadear resultados indesejáveis e prejudiciais;
  • Consultar este informativo tantas vezes quantas se fizerem necessárias para esclarecer e eliminar perfeitamente suas dúvidas. Restando algum questionamento, contatar o cirurgião;
  • O bom resultado final também depende de você;